Calmaria

Jamais pensei que, em tão pouco tempo, você conseguiria fazer com que me sentisse calma ao estar contigo e que uma sensação boa toma...



Jamais pensei que, em tão pouco tempo, você conseguiria fazer com que me sentisse calma ao estar contigo e que uma sensação boa tomasse conta do meu ser, de uma maneira tão incrível. Nunca imaginaria que pudesse ter confiança em alguém como tenho em ti ou que uma pessoa me conheceria tão bem, a ponto de saber o que acontece comigo sem eu precisar dizer.

Não esperava que as borboletas no estômago se tornassem um sentimento ainda mais intenso e, foi aí, que percebi que necessito você ao meu lado. Agora e sempre! Pois estar contigo é como deitar em um campo florido, fechar os olhos e sentir o vento batendo em rosto e ouvir o canto relaxante dos pássaros.

Por isso, permita-me chamar a ti de calmaria, pois a paz que me traz é enorme. Nenhuma outra pessoa conseguiu me tranqüilizar tanto como você fez, com os mais doces detalhes, como o entrelaço de nossas mãos, o encontro dos olhares e até mesmo sua voz.

É a melhor coisa do mundo, sentir-me única quando você pega o violão e canta belas canções de amor. É confortante saber que você me ama mais que o suficiente para desejar passar hoje, amanhã, a próxima semana, o próximo mês, o próximo ano e o resto da tua vida ao meu lado.

Eu soube que te amaria no momento em que você mostrou ser diferente dos outros, esbanjando sinceridade e esperança. Sou grata pelo sorriso que você coloca em meu rosto a cada momento, sou grata por ter me mostrado como é ser amada, sou grata por ter você aqui e todas as outras coisas. Calmaria, serei mais do que grata ao dizer sim para ti, eu serei feliz. Feliz ao teu lado.

You Might Also Like

12 comentários

  1. Lindooo texto, ta de parabéns! Aguardando o próximo rs

    ResponderExcluir
  2. "
    Por isso, permita-me chamar a ti de calmaria, pois a paz que me traz é enorme." Que amor de texto, menino eu adorei, você escreve tão bem, com tanta delicadeza, fez me sentir apaixonada.


    Blog Entre Ver e Viver

    ResponderExcluir
  3. Adorei o texto, bem apaixonante!

    www.blogdodeivy.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Que texto lindo. Você escreve muito bem.
    Adorando o blog ♥.
    Beijos.
    http://sobrevivendo-ao-caos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Tu manda bem demais, continue firme com o blog!
    Sucesso pra ti, brother.

    ResponderExcluir
  6. Que lindo! <3
    www.retalhodavida.wordpress.com

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Que texto lindo, você escreve muito bem!

    devaneiosdeinverno.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. que texto maravilhoso. Parabéns 😍 lucycomdiamantes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Como sempre, que texto mais lindo. Adorei como você se colocou como um narrador diferente; menina nesse caso. Achei que deu um toque especial, pelo menos ao meu ver.
    Gostei muito do "permita-me chamar a ti de calmaria"; me pareceu tão poético, tão simples, tão honesto, tão romântico. Quis me apaixonar só de ler isso.
    Amei. Parabéns.

    Beijos,
    Bi.

    - www.naogostodeunicornios.com

    ResponderExcluir
  11. Incrível quanto o eu-lírico se doa, de um modo tão simples, e mostra o quanto necessita do outro, tornado o texto ainda mais poético.
    brancobolcado.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Senhor Gabriel (viu que eu não chamei de gabe, né? pois é), cadê post novo??
    Ai ai ai, homem! Quero ver novidades por aqui.

    Beijos (não tão carinhosos assim porque estou chateada),
    Bi.

    - www.naogostodeunicornios.com

    ResponderExcluir

Flickr Images